Família Contramão



Sei que esse texto tá um pouco atrasado, mas quero falar um pouco do que passou, porque o passado constroe o presente e o futuro. Em balanço 2009 foi um ano bem difícil, mas de tudo que aconteceu de ruim aconteceu uma coisa que fez tudo ficar bem: a amizade. Esses dias vi na tv que podemos ter duas famílias, uma a gente não escolhe a outra a gente escolhe. Nem sei se eu escolhi ou se a vida me empurrou vocês, mas sei que se tornaram uma segunda família. Eu achei que fazer um estágio me proporcionaria muitas coisas boas profissionalmente, mas, de repente, descobri que ele poderia me proporcionar coisas muito melhores e assim se fez uma amizade, regada a muita união e companheirismo.
A hora do lanche se fez a alegria dos meus dias, as pirações com o que iamos fazer de ronda, as risadas de qualquer bobeira, a correção dos textos dos alunos e o melhor de tudo: as festinhas. Mas nem tudo foram flores, contavamos nossos problemas, dividiamos nossas dores e entre choros e sorrisos constituimos uma família, não muito convencional, mas uma família. É engraçado relembrar como pouco a pouco fomos nos unindo e deixando de ser colegas de trabalho para nos tornamos parentes de primeiro grau.
Fomos a parque de diversões, pizzarias, jogavamos adedanha e morriamos de rir do hélio, fizemos festinhas na casa da áurea e da juli, sorrisos por todos os lados, alcool e muita, mas muita alegria. Naquele aquário eramos peixes felizes e apesar de fora d'agua estavamos felizes. É como o Felipe sempre dizia: "- Ganho mal mas me divirto." Sim, era a mais pura verdade, o baixo salário era compensado com uma alta amizade. Um a um vocês foram saindo e só restou eu e a sandim e jurei que também seria a única amizade que ia restar, mas não foi assim. Ainda trocamos e-mails e até fizemos um amigo oculto.
Bom só me resta agradecer vocês, Ana Sandim, Áurea, Hélio, Felipe e Juli, pela enorme felicidade que me proporcionaram e que ainda me proporcionam, nossa família vai continuar, porque família é pra sempre. Que venha dois mil e 10 com muito açucar união =) Vocês já moram dentro do meu coração. Um pedaçinho dele é de vocês.

4 comentários:

ana sandim disse...

se eu for comentar bem do jeito que eu gostaria sairia um texto, uma descrição dos dias mais especiais que tive, uma irmandade... uns amigos que não eram amigos... era meros conhecidos, e logo se tornou uma familia do mesmo jeitinho que Nati descreveu. Pego o gancho e agradeço pelos dias difíceis onde me deram força, me fizeram rir e riram junto das desgraças, amores e tudo... a familia contramão 2009 vai ser sempre a familia contramão. o que eu aprendi, o que ouvi o que presenciei não tem como explicar.. o que vivemos. foi mágico. por que um sorriso pode transformar pessoas. e o que não falta na nossa FAMILIA são boas doses de desabafos regados com boas risadas.
Adoro cada um deles. iii saudades.
fico tão feliz de ter caido no aquário certo. rs

Juliane Schlosser disse...

Vo chorar! Essas coisas quando a gente tá longe atingem mais ainda! Atinge o fundo do útero!!! Sou sentimental e viro uma sentimentalista de Tarantino Kill Bill (vou explicar a lógica = quando a noiva vai matar os orientais, sai sangue pra cacete... é tipo, mais do q necessário. ai é esse tipo de sentimentalista q eu viro).

Nao vejo a hora de voltar!! Vou forçar encontros!!!

E CADE A PORRA DO AMIGO SECRETO!!!!!??!???

João Killer disse...

"Que venha dois mil e 10 com muito açucar união" Overdose de risos... Quero uma família assim

Hélio Monteiro disse...

As melhores palavras para eu comentar este post seria copiar e colar seu texto aqui!
Sei que felicidade vem em parcelas, e hj nesse dia de sol que tá tão cinza para mim, senti isso! Só saudades do contramão, só saudades de vocês. Vamos na padoca?

Copyright @ Centopéia | Floral Day theme designed by SimplyWP | Bloggerized by GirlyBlogger